“Barão Geraldo, de colónia de imigrantes a cidade universitária”.

fugasBrasil

Esta edição do Fugas esteve “Em Campinas, no rasto da selecção nacional“.

Para quem [ainda] não leu o meu texto na edição do Fugas do último fim-de-semana, pode fazê-lo agora através do link:

http://fugas.publico.pt/DicasDosLeitores/331655_barao-geraldo-de-colonia-de-imigrantes-a-cidade-universitaria

Tal como tive oportunidade de dizer à editora do Fugas, 1500 caracteres–limite que me foi imposto– foram insuficientes para falar de tudo o que Barão Geraldo tem para oferecer a quem se decide perder por cá. De qualquer das formas, e tal como já foi prometido, irei falar daqui em diante por estes lados sobre os lugares que podem visitar e frequentar em Barão Geraldo. Se houver possibilidade num futuro próximo, certamente irei escrever mais dicas de viagens, indo ao encontro de quem vem de viagem a Campinas para acompanhar de perto a selecção, assim como para aqueles que tencionam vir para cá trabalhar e [possivelmente] estudar numa das universidades que mencionei no texto.

Abaixo seguem os links de alguns lugares de interesse citados mas não linkados no artigo:

Adenda: Esta minha colaboração voluntária com o Jornal Público teve como mote o Ano grande do Brasil vs 24º aniversário do jornal Público, celebrado na edição de 05 Março, edição que contou com Adriana Calcanhotto como directora por um dia.

cabeca

Anúncios

Um pensamento sobre ““Barão Geraldo, de colónia de imigrantes a cidade universitária”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s