“Saída de pessoas qualificadas para o estrangeiro é positiva “

“o secretário de Estado da Inovação, Investimento e Competitividade, Pedro Pereira Gonçalves, disse que a saída de quadros, com elevada formação académica, do nosso pais, “traz coisas boas para Portugal”.

Convidado pelo Expresso a explicar melhor a sua ideia, disse: “A exposição dessas pessoas no estrangeiro é positiva para Portugal e, depois, elas podem regressar ainda mais qualificadas e experientes, é bom que elas saiam do país, embora o devam fazer por livre vontade e não por necessidade”.

“Por exemplo, acrescentou o governante português, o caso de Carlos Tavares à frente da Peugeot-Citroen é uma mais-valia, é bom para o nosso país ter quadros destacados no estrangeiro”.

Pedro Gonçalves falava à margem de uma reunião sobre o desenvolvimento, em Portugal, de uma forte plataforma de serviços transnacionais (Outsourcing) para empresas estrangeiras em áreas tão diversas como call centers, centros de serviços, de novas tecnologias, etc. “

Primeiro convida-se os educados e os cosmopolitas a emigrar. Depois tenta-se vender a ideia de que muitos, como eu, vão contribuir além fronteiras para o sucesso de Portugal e que — imagine-se só– irão regressar a qualquer preço.

Que se perceba de uma vez por todas que a única ligação umbilical que liga casos como o de Carlos Tavares entre muitos outros [no qual também me incluo] é o de [ainda] terem família em Portugal. Ligação que enquanto se mantiver, fará com que regresse a Portugal mas apenas de férias.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s