Astrolábio Jukebox #9

Milton Nascimento e Clementina de Jesus – Os escravos de Jó

História por detrás desta música (pode ser encontrada como legenda a este vídeo no Youtube):

No primeiro semestre de 1973, Milton Nascimento, durante a preparação do álbum “Milagre dos Peixes”, ganhou uma parceria inesperada e pra lá de incômoda: a censura, que cortou praticamente na íntegra as letras das músicas “Cadê”, “Escravos de Jó” e “Hoje é Dia El Rey”. Milton, decidiu resistir. Se não podia usar as letras, então gravaria as músicas apenas com sua voz, usando seu vasto repertório de modulações para imprimir as emoções que os censores haviam suprimido dos textos. “Vou gravar de qualquer jeito. Vou botar no som tudo o que eles tiraram na letra. Eles vão ver comigo”, desabafou Bituca ao amigo Márcio Borges.

Mais que qualquer instrumento, porém, brilhavam no disco as vozes de Bituca e seus convidados, como Clementina de Jesus no lá-lá-lá de “Os Escravos de Jó”.

Das três letras proibidas, esta, de Fernando Brant, é sem dúvida a mais contundente. Clementina de Jesus, convidada para participar do disco, só pôde cantar a última estrofe. Alguns anos depois, Elis Regina – sempre ela – resgatou a letra proibida e gravou a canção com um novo nome, “Caxangá”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s